docentesDGEO

Vicente Eudes Lemos Alves

Licenciado e bacharel em Geografia pela Universidade de São Paulo (1994), mestre (2000) e doutor (2007) em Ciências (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor doutor na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), função que ocupa desde agosto de 2010. Possui experiência nas áreas de ensino de Geografia, de estudos regionais, agrários e formação territorial brasileira. (Texto informado pelo autor)

  • http://lattes.cnpq.br/0054550625043452 (28/05/2022)
  • Rótulo/Grupo: Professor
  • Bolsa CNPq:
  • Período de análise:
  • Endereço: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências da UNICAMP. Cidade Universitária Distrito de Barão Geraldo 13083970 - Campinas, SP - Brasil Telefone: (019) 35212121 URL da Homepage: www.unicamp.br
  • Grande área: Ciências Humanas
  • Área: Geografia
  • Citações: Google Acadêmico

Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

Prêmios e títulos

Participação em eventos

Organização de eventos

Lista de colaborações


Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

  • Total de projetos de pesquisa (6)
    1. 2021-Atual. Land grabbing, flex crops e reestruturacao do setor de florestas plantadas no Brasil
      Descrição: Com esse projeto de pesquisa, nossa equipe se propõe a investigar um processo de reestruturação territorial, ao mesmo tempo fundiária, produtiva e, portanto, também das relações de trabalho atualmente em curso no setor de florestas plantadas no Brasil, sobretudo em função de impactos produzidos pela crise de 2008. Buscaremos verificar se esse processo se desdobra com base em uma espécie de ?corrida por terras?, entendida aqui como parte dos processos hodiernos de land grabbing (cf., por exemplo, SAUER; BORRAS, 2016; SASSEN, 2013; COTULA, 2012; BORRAS et al., 2012; SAUER; LEITE, 2012a e 2012b), analisando o significado hodierno da incorporação da renda fundiária ante as condições críticas e financeirizadas da reprodução social capitalista (KURZ, 2014; KLIMAN, 2012), em diálogo com as teses sobre a eficácia do ajuste espacial ou da produção do espaço na mitigação das crises (BRENT, 2015; WHITE et al., 2012; HARVEY, 2004, 2011 e 2013). Além disso, analisaremos a relação entre o processo de apropriação de terras movido pelo setor de florestas plantadas e o emprego dessa matéria-prima como flex crops (cf., por exemplo, BORRAS et al., 2016 e 2014; CLEMENTES; FERNANDES, 2012), insumos de destinação múltipla e/ou flexível, como a madeira proveniente das florestas plantadas, que possibilitam ampliar a mobilidade do capital em negócios que envolvem imobilização de recursos em ativos de baixa liquidez como a terra. Serão investigados os casos de quatro processos, pormenorizados no texto do projeto, nos estados de Pernambuco, Alagoas e Espírito Santo. O debate e a difusão da pesquisa devem ser realizados mediante participação em seminários, a organização de colóquio, redação de artigos e organização de livro com artigos dos pesquisadores integrantes da equipe.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (2) . Integrantes: Vicente Eudes Lemos Alves - Integrante / Cássio Arruda Boechat - Integrante / Carlos de Almeida Toledo - Integrante / Erick Gabriel Jones kluck - Integrante / Ana Carolina Gonçalves Leit e - Coordenador / Marco Antonio Mitidiero Junior - Integrante / Thiago Lima da Silva - Integrante / Beatriz Medeiros Melo - Integrante / Suana Medeiros Silva - Integrante / Fábio Teixeira Pitta - Integrante / Lúcio Vasconcellos de Verçoza - Integrante / Luiz Antônio Evangelista de Andrade - Integrante / Allan Rodrigo de Campos Silva - Integrante / Lorena Izá Pereira - Integrante / José Ignácio Vega Fernández - Integrante.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    2. 2019-Atual. A FRONTEIRA AGRICOLA CENTRO-NORTE DO BRASIL: POLITICAS, MODERNIZACAO E TRANSFORMACOES SOCIOTERRITORIAIS RECENTES
      Descrição: Propõe-se como presente projeto de pesquisa investigar a dinâmica territorial na hinterlândia brasileira, especialmente a fronteira agrícola do centro-norte do país. Esta região emformação evidencia, nas últimas décadas, elevado crescimento econômico induzido pela produção agrícola moderna, mas também pela instalação de indústrias, de atividades comerciais e de serviços, alémde migração de população de distintos lugares do Brasil. Esse novo cenário de expansão econômica da região revela apenas uma das facetas do processo de modernização, o qual é acompanhado por outras, as de crescimento desordenado das cidades, de expansão dos conflitos fundiários (envolvendo inclusive comunidades tradicionais) e de grave crise ambiental.As mudanças indicam, nesse sentido, que tanto o campo quanto o urbano no centro norte do Brasil assumemnovos conteúdos espaciais, econômicos e demográficos. Estes resultamda presença de agricultores modernos e de algumas empresas hegemônicas, assimcomo de uma legião de trabalhadores empobrecidos embusca de trabalho.Alémdisso, nos últimos anos se verifica a presença de agentes econômicos estrangeiros interessados na aquisição de terras para produção agrícola e/ou para a especulação imobiliária, em muitos casos, a partir da presença ou intermediação de fundos de investimentos nacionais e internacionais.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (9) . Integrantes: Vicente Eudes Lemos Alves - Coordenador / Sueli Almeida dos Santos - Integrante / Carlos de Almeida Toledo - Integrante / José de Sousa Sobrinho - Integrante / Débora Assumpção e Lima - Integrante / Erick Gabriel Jones kluck - Integrante / Mariana Leal Conceição Nóbrega - Integrante / Andrei Cornetta - Integrante / Atamis Antonio Foschiera - Integrante / Daniel César Menêses de Carvalho - Integrante / Helciane de Fátima Abreu Araujo - Integrante / Jamille da Silva Lima - Integrante / Lívia Maria Tone - Integrante / Marta Inez Medeiros Marques - Integrante / Paloma Cristina Costa Guitarrara Furtado - Integrante / Ranchimit Batista Nunes - Integrante / RodolfoA lves da Luz - Integrante / Valney Dias Rigonato - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    3. 2018-2020. MAPEAMENTO DAS METAS DO PLANO NACIONAL DE EDUCACAO 2014-2024 NA REGIAO DOS CERRADOS DO CENTRO-NORTE DO BRASIL: UM ESTUDO QUANTITATIVO E QUALITATIVO
      Descrição: Objetiva-se nesse projeto mapear a implementação do Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024) na região dos Cerrados do Centro-Norte do Brasil com foco em metas relacionadas a Educação Básica, estabelecendo e discutindo criticamente as relações existentes entre as metas propostas para a educação básica e o ensino profissionalizante, o desenvolvimento do agronegócio na região e a possível melhoria da qualidade de vida local.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Vicente Eudes Lemos Alves - Integrante / Sueli Almeida dos Santos - Integrante / Débora Assumpção e Lima - Integrante / Sandra Fernandes Leite - Coordenador / Sueli Helena de Camargo Palmen - Integrante / Mariana Leal Conceição Nóbrega - Integrante / Andressa Luiza de Souza Mafra - Integrante.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    4. 2018-2020. Land grabbing e frex crops: formas de investimentos estrangeiros no agronegocio sucroenergetico
      Descrição: O projeto visa compreensão teórica e empírica do fenômeno de land grabbing e do papel das lavouras de destinação flexível, ou flex crops, na atual dinâmica da economia e da geografia internacional. Busca-se, com um esforço de pesquisa coletivo, materializar atividades de pesquisa e de formação, em eventos e produção científica.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Vicente Eudes Lemos Alves - Integrante / Cássio Arruda Boechat - Coordenador / Carlos de Almeida Toledo - Integrante / Paulo Cesar Scarim - Integrante / Fábio Pitta - Integrante / Sérgio Pereira Leite - Integrante / Ana Carolina Gonçalves Leit e - Integrante / Gabriel Pedro Alves Lopes - Integrante / Viviane dos Santos Coutinh o - Integrante / Isabela Silveira Ber nardes - Integrante.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    5. 2011-2013. A FRONTEIRA AGRICOLA CENTRO-NORTE BRASILEIRA: Regionalizacao, Mobilidade do Trabalho, Modernizacao, Propriedade da Terra e Processo de Urbanizacao
      Descrição: Propõe-se com o presente projeto de pesquisa investigar a dinâmica territorial na hinterlândia brasileira. Objetiva-se estudar a formação, a organização atual e a modernização da fronteira agrícola brasileira decorrentes da instalação do agronegócio na região, correspondendo especialmente à extensão territorial de cobertura de cerrados dos estados da Bahia, Maranhão, Piauí e Tocantins.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Vicente Eudes Lemos Alves - Coordenador / Ricardo Abid Castillo - Integrante / Márcio Antônio Cataia - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T & A: 1
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
      Descrição: Propõe-se com o presente projeto de pesquisa investigar a dinâmica territorial na hinterlândia brasileira, especialmente a fronteira agrícola do centro-norte do país. Esta região em formação vem adquirindo, nas últimas décadas, uma nova dinâmica sócio-espacial que se origina do crescimento da produção agrícola moderna, mas também da instalação de indústrias, de comércio e de serviços variados. As mudanças indicam que tanto as áreas rurais quanto as urbanas assumem novos conteúdos espaciais, econômicos e demográficos, que resultam da presença de agricultores modernos e de empresas hegemônicas, assim como, de uma legião de trabalhadores empobrecidos em busca de uma ocupação. Além disso, nos últimos anos vem se verificando a presença de agentes estrangeiros (dentre eles representantes de Estados nacionais) interessados na aquisição de terras para produção agrícola. Estes fatores atribuem à fronteira agrícola do centro-norte brasileiro uma significativa diversidade trazendo novos desafios para análise de sua geografia. O fato da ocupação do país ter ocorrido do litoral para o interior, e de tal processo ainda não ter se completado na sua totalidade, produziu arranjos espaciais distintos, uns mais consolidados e outros ainda em formação. Interessa-nos especialmente esses últimos, que apresentam grande dinamismo de transformações espaciais. Propõe-se, dessa forma, estudar a formação e a organização atual da fronteira agrícola brasileira, correspondendo especialmente à extensão territorial de cobertura de cerrados dos estados da Bahia, Maranhão, Piauí e Tocantins. Temos como hipótese principal que este novo espaço de interesse do capital, recentemente denominado por Júlia Adão Bernardes (2009) de BAMAPITO, poderá se configurar numa nova regionalização do território brasileiro.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ricardo Abid Castillo - Integrante / Marcio Antonio Cataia - Integrante / Vicente Eudes Lemos Alves - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
      Membro: Ricardo Abid Castillo.
      Descrição: Este projeto de pesquisa objetiva compreender o processo de modernização nas novas áreas ou "fronts" de expansão da agricultura científica, especialmente tendo como referência a região do BAMAPITO (Oeste da Bahia; Sul do Maranhão; Sul do Piaui e Norte do Tocantins). Esse processo de modernização tem acarretado profundas transformações no espaço herdado, por isso acelera-se o processo de urbanização - com esvaziamento do campo - e a nucleação de propostas de criação de novos municípios e mesmo a redivisão dos estados em questão. Do mesmo modo a vida no campo é transformada antes o avassalador processo de capitalização, o que tem acarretado profundas mudanças no mundo do trabalho. Portanto, o projeto de pesquisa objetiva compreender a nova regionalização do país a partir de expansão da fronteira agrícola.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Márcio Cataia - Integrante / Ricardo Abid Castillo - Integrante / Vicente Eudes Lemos Alves - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
      Membro: Marcio Cataia.
    6. 2010-2015. O meio geografico atual do Rio Grande do Norte: novas materialidades, novas dinamicas
      Descrição: Projeto aprovado no âmbito do Edital CAPES PROCAD-NF 21/2009 (Programa Nacional de Cooperação Acadêmica Novas Fronteiras da CAPES). Participam a Universidade Federal de Rio Grande do Norte (proponente), a Universidade de São Paulo (Associada I) e a Universidade de Campinas (Associada II). Financiado pela CAPES (AUX-PE 724/2010).. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Vicente Eudes Lemos Alves - Integrante / Fabio Betioli Contel - Integrante / Adriana Maria Bernardes da Silva - Integrante / Ricardo Abid Castillo - Integrante / Márcio Antônio Cataia - Coordenador / Maria Mónica ARROYO - Integrante / Aldo DANTAS - Integrante / ANTAS JR., Ricardo Mendes - Integrante / Fernanda Padovesi Fonseca - Integrante / Rita de Cássia Gomes - Integrante / Ermínio Fernandes - Integrante / Celso Locatel - Integrante / Franscisco Fransualdo de Azevedo - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
      Descrição: Projeto aprovado no âmbito do Edital CAPES PROCAD-NF 21/2009 (Programa Nacional de Cooperação Acadêmica Novas Fronteiras). Participam a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (proponente), a Universidade de São Paulo (Associada I) e a Universidade Estadual de Campinas (Associada II). Objetivos: 1. Reconhecer e analisar as novas dinâmicas geográficas do meio técnico-científico e informacional no Rio Grande do Norte, num contexto de modernização periférica, de acelerada urbanização e de inserção competitiva de frações do território potiguar nos mercados internacionais; 2. compreender os processos que presidem as modernizações territoriais, face às orientações provenientes do Mercado e do Estado; 3. Como recorte de método, impõe-se considerar as forças de ação política, econômica e cultural que norteiam os arranjos espaciais em suas estruturas e funções, como também as influências externas sobre o meio ambiente construído pois, das combinações inéditas entre forças externas e internas, decorrem as características de cada lugar.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4) . Integrantes: Ricardo Abid Castillo - Integrante / Adriana Maria Bernardes da Silva - Integrante / Marcio Antonio Cataia - Integrante / Fabio Betioli Contel - Integrante / Ricardo Mendes Antas Jr. - Integrante / Mónica Arroyo - Integrante / Aldo Aloísio Dantas da Silva - Coordenador / Celso Donizete Locatel - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
      Membro: Ricardo Abid Castillo.
      Descrição: Este projeto de pesquisa tem como objetivo principal reconhecer e analisar as novas dinâmicas estabelecidas nas manchas de meio técnico-científico e informacional do Rio Grande do Norte, num contexto de modernização periférica e de inserção competitiva de frações do território potiguar nos mercados internacionais. Pretendemos compreender os processos que presidem às modernizações territoriais, face às orientações provenientes do mercado e do Estado. Como recorte de método, impõe-se considerar as forças de ação políticas, econômicas e culturais que norteiam os arranjos espaciais em suas estruturas e funções. Também, impõe considerar as influências externas sobre o meio ambiente construído, pois, das combinações inéditas entre forças externas e internas, decorrem as características de cada lugar. Como estratégia operacional, suscetível de permitir estudo aprofundado dos novos usos do território, assim como de suas causas e conseqüências, abordaremos os seguintes temas de análise: a) a fruticultura irrigada; b) o turismo; c) a exploração de petróleo.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . Integrantes: Márcio Cataia - Coordenador / Ricardo Abid Castillo - Integrante / Adriana Maria Bernardes da Silva - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
      Membro: Marcio Cataia.
      Descrição: Projeto aprovado no âmbito do Edital CAPES PROCAD-NF 21/2009 (Programa Nacional de Cooperação Acadêmica Novas Fronteiras da CAPES - AUX PE 724/2010). Participam a Universidade Federal de Rio Grande do Norte (proponente), a Universidade de São Paulo (Associada I) e a Universidade Estadual de Campinas (Associada II). Objetivos: 1. Reconhecer e analisar as novas dinâmicas geográficas do meio técnico-científico e informacional do Rio Grande do Norte, num contexto de modernização periférica, de acelerada urbanização e de inserção competitiva de frações do território potiguar nos mercados internacionais. 2. Compreender os processos que presidem às modernizações territoriais, face às orientações provenientes do Mercado e do Estado. 3. Como recorte de método, impõe-se considerar as forças de ação política, econômica e cultural que norteiam os arranjos espaciais em suas estruturas e funções, como também as influências externas sobre o meio ambiente construído pois, das combinações inéditas entre forças externas e internas, decorrem as características de cada lugar.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . Integrantes: Adriana Maria Bernardes da Silva - Integrante / Ricardo Castillo - Integrante / Fabio Contel - Integrante / Márcio Cataia - Integrante / Mónica Arroyo - Integrante / Ricardo Mendes Antas Jr - Integrante / Aldo Aloísio Dantas da Silva - Coordenador / Celso Donizete Locatel - Integrante / Rita de Cássia Gomes - Integrante / Ermínio Fernandes - Integrante / Fernanda Padovesi Fonseca - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
      Membro: Adriana Maria Bernardes da Silva.

Prêmios e títulos

  • Total de prêmios e títulos (8)
    1. Menção Honrosa pela orientação do PIBIC da aluna Luna Peres Guimarães, PRP-UNICAMP.. 2019.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    2. Patrono da turma de formandos do curso de Geografia de 2019, Instituto de Geociências - IG - Unicamp.. 2019.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    3. Paranínfo da turma de formandos do curso de Geografia de 2018, Instituto de Geociências (IG) - Unicamp.. 2018.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    4. Paranínfo da turma de formandos do curso de Geografia de 2017, Instituto de Geociências (IG) - Unicamp.. 2017.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    5. Patrono da turma de formandos do curso de Geografia de 2016, Instituto de Geociências (IG) - Unicamp.. 2016.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    6. Paranínfo da turma de formandos do curso de Geografia de 2015, Instituto de Geociências (IG) - Unicamp.. 2015.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    7. Paranínfo da turma de formandos do curso de Geografia de 2013, Instituto de Geociências (IG) - Unicamp.. 2013.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.
    8. Professor Homenageado - Formandos do curso de Geografia - 2012, Instituto de Geociências (IG) - Unicamp.. 2012.
      Membro: Vicente Eudes Lemos Alves.

Participação em eventos

  • Total de participação em eventos (93)
    1. Colóquio PROCAD - Amazônia ?PENSANDO OS USOS DO TERRITÓRIO CONTEMPORÂNEO: DA FORMAÇÃO SOCIOESPACIAL BRASILEIRA À SITUAÇÃO MARANHENSE.Território, modernizações e questão agrária maranhense. 2020. (Outra).
    2. Conferência com Armen Mamigonian.A Região em debate: América Latina e África no contexto Geopolítico do século XXI. 2019. (Seminário).
    3. IX Simpósio Internacional de Geografia Agrária.Investimentos Chineses, Reestruturação Produtiva e Transformações no Espaço Agrário dos Cerrados do Centro-Norte do Brasil (MATOPIBA). 2019. (Simpósio).
    4. IX Simpósio Internacional de Geografia Agrária. 2019. (Simpósio).
    5. Povos Indígenas, cultura e resistência. 2019. (Seminário).
    6. Roda de Conversa "AGB-Campinas, 30 anos: Trajetórias e perspectivas". 2019. (Outra).
    7. XVIII Encontro Nacional da ANPUR.Por dentro e por fora da fronteira agro brasileira: Dinâmicas produtivas e socioespaciais dependentes. 2019. (Encontro).
    8. XVI Simpósio Nacional de Geografia Urbana. 2019. (Simpósio).
    9. XVI Simpósio Nacional de Geografia Urbana.Agronegócio, Reestruturação Produtiva e o Avanço da Urbanização na Fronteira Agrícola do Bioma Cerrados do Centro-Norte do Brasil. 2019. (Simpósio).
    10. ?I Encontro de Pesquisa ? Mapeamento das metas do Plano Nacional de Educação 2014-2024 na região dos cerrados do centro-norte do Brasil: um estudo quantitativo e qualitativo?.Palestrante. 2018. (Encontro).
    11. 56 Congresso Internacional de Americanistas. O avanço da fronteira agropecuária e as novas dinâmicas migratórias e urbanas na região de Bioma de Cerrados do centro-norte do Brasil. 2018. (Congresso).
    12. 70 Reunião Anual da SBPC.Comissão de Avaliação dos Trabalhos. 2018. (Encontro).
    13. II Congreso Internacional: Transiciones en la Agricultura y la Sociedad Rural: Los desafíos globales de la Historia Rural. Las ruralidades de un mundo global: vectores de cambio socioeconómico y ambiental. 2018. (Congresso).
    14. II Congreso Internacional: Transiciones en la Agricultura y la Sociedad Rural: Los desafíos globales de la Historia Rural. 2018. (Congresso).
    15. II Congreso Internacional: Transiciones en la Agricultura y la Sociedad Rural: Los desafíos globales de la Historia Rural. Os problemas socioambientais produzidos pelo avanço do agronegócio na região centro-norte do Brasil. 2018. (Congresso).
    16. IX Semana de Estudos da Geografia ? ?Por uma Geografia Nova: o Papel da (o) Geógrafa (o) no Brasil Contemporâneo?.Por uma Nova Geografia Agrária. 2018. (Encontro).
    17. XII Congreso Iberoamericano de Estudios Rurales. Modernização agropecuária e os impactos nas atividades agroextrativistas e no mercado de trabalho das populações camponesas no bioma de cerrados do centro-norte do Brasil. 2018. (Congresso).
    18. XI Semana de Geografia.Geografia e Diferenças: Resistência Indígena e Quilombola na América Latina. 2018. (Encontro).
    19. XIX Encontro Nacional de Geógrafos.Pensar e Fazer a Geografia brasileira no século XXI: escalas, conflitos socioespaciais e crise estrutural na nova geopolítica mundial. 2018. (Encontro).
    20. Colação de grau dos cursos de graduação em Geologia (bacharelado) e Geografia (bacharelado e licenciatura).Professor Paranínfo - Curso de Geografia. 2017. (Outra).
    21. II SEDINTER - Seminário Interinstitucional de Integração da Produção Científica do DINTER."Perspectivas de Parcerias em Redes de Pesquisa Sobre a Modernização Agropecuária nos Cerrados do Centro-Norte do Brasil". 2017. (Seminário).
    22. Mesa Redonda.Õ avanço do agronegócio e o agravamento dos conflitos fundiários e socioambientais nos cerrados do centro-norte do Brasil (MATOPIBA). 2017. (Outra).
    23. Minicurso.Regionalização e novas dinâmicas socioespaciais decorrentes da modernização agropecuária nos cerrados do centro-norte do Brasil (MATOPIBA). 2017. (Oficina).
    24. Oficina.Uma experiência com projeto de extensão comunitária: a construção do Atlas Social Bilingue (Gurani-Português) da Comunidade e Terra Indigena rio Silveira (Bertioga e São Sebastião, SP). 2017. (Oficina).
    25. Seminário Território e Políticas Sociais.Território e políticas públicas voltadas para a população com deficiência. 2017. (Seminário).
    26. VIII Si´mpósio Internacional de Geografia Agrária e IX Simpósio Nacional de Geografia Agrária (SINGA).Atlas Escolar Bilingue Guarani - Português da Comunidade e Terra Indígena ?Rio Silveira? (Tekoha Morutï), em Bertioga/São Sebastião (SP). 2017. (Simpósio).
    27. XIX Território Aberto "Samira Peduti Kahil"."Até que Ponto o 'Agro é Pop' se a Luta pela Terra Persite e Derrama Sangue". 2017. (Simpósio).
    28. XVI Encuentro de Geógrafos de América Latina (EGAL 2017).Agronegócio, restruturação produtiva e o avanço da urbanização na fronteira agrícola na região centro-norte do Brasil. 2017. (Encontro).
    29. Colação de grau dos cursos de graduação em Geologia (bacharelado) e Geografia (bacharelado e licenciatura).Professor Pratono - Curso de Geografia. 2016. (Outra).
    30. Estado, Território e Resistência Social: a Luta pela Terra e pelo Território e o Lugar dos Sujeitos Sociais.A questão agrária e a questão indígena no Brasil: terras e territórios em disputa. 2016. (Seminário).
    31. International Conference Old and New Worlds: the Global Challenges Of Rural History. Organizer of a Panel. 2016. (Congresso).
    32. International Conference Old and New Worlds: the Global Challenges Of Rural History. A expansão do agronegócio e as mudanças econômicas, demográficas e socioterritoriais na região centro-norte do Brasil. 2016. (Congresso).
    33. VII Simpósio sobre Refroma Agrária e Questões Rurais:.Perspectivas do Plano de Desenvolvimento Agropecuário do MATOPIBA, Avanço do Cultivo de Soja e Ajuste Espacial. 2016. (Simpósio).
    34. XVIII Encontro Nacional de Geógrafos.Agronegócio, caolizões de Poder e Exclusão Social. 2016. (Encontro).
    35. Avulso.La producción de soja y algodón en la frontera agrícola en bioma de cerrado en la región Centro-Norte de Brasil. 2015. (Outra).
    36. Avulso.Expansión agricola y conflictos agrarios en áreas del bioma de cerrados del Centro-Norte de Brasil. 2015. (Outra).
    37. Colação de grau dos cursos de graduação em Geologia (bacharelado) e Geografia (bacharelado e licenciatura).Professor Paranínfo - Curso de Geografia. 2015. (Outra).
    38. Grupo de Pesquisa: La Promoción Estatal de la Nueva Ruralidad: Agentes, Escalas y Problemas en Áreas Tamberas Pampenas.La Producción de Soja Y Algodón en la Frontera Agrícola en el Bioma de Cerrado en la Región Centro Norte del Brasil. 2015. (Outra).
    39. Grupo de Pesquisa: La Promoción Estatal de la Nueva Ruralidad: Agentes, Escalas y Problemas en Áreas Tamberas Pampenas.Expansión Agrícola y Conflictos Agrarios en Áreas del Bioma de Cerrados del Centro-Norte de Brasil. 2015. (Outra).
    40. I Encontro Regional de Educação do campo: Experiências e Saberes com os povos do campo no Vale do Gurgueia.Cartografia Social: Metodologias e Práticas nos estudos de Populações Tradicionais no Brasil e na América Latina. 2015. (Encontro).
    41. VII Simpósio Internacional e VIII Simpósio Nacional de Geografia Agrária.A expansão da agropecuária modernizada e a reprodução do modelo concentrador da propriedade da terra no oeste baiano. 2015. (Simpósio).
    42. XV Encuentro de Geógrafos de América Latina: por una América Latina Unida y sustentable.Trabalho precarizado na agricultura moderna na região centro-norte do Brasil. 2015. (Encontro).
    43. XV Encuentro de Geógrafos de América Latina XV EGAL).Trabalho Precarizado na Agricultura Moderna na Região Centro-Norte do Brasil. 2015. (Encontro).
    44. 14o. Encuentro de Geógrafos da América Latina (14o. EGAL).A expansão da produção agropecuária no oeste do estado da Bahia: aspectos de uma modernização conservadora. 2013. (Encontro).
    45. Colação de grau dos cursos de graduação em Geologia (bacharelado) e Geografia (bacharelado e licenciatura).Professor Paranínfo - Curso de Geografia. 2013. (Outra).
    46. VIII Encontro Nacional sobre Migrações.As migrações populacionais internas na década de 2000 a partir do Censo Demográfico de 2010: o caso da região de cerrados do centro-norte do Brasil. 2013. (Encontro).
    47. VI Simpósio Internacional de Geografia Agrária. VII Simpósio Nacional de Geografia Agrária. 1a. Jornada de Geografia das águas.Do arroz para o eucalípto: caminhos e (des)caminhos di agroextrativismo na Amazônia Maranhense: o caso da instalação da fábrica Suzano Papel e Celulose na microregião de Imperatriz. 2013. (Simpósio).
    48. XV Enanpur.Modernização e mudanças nas relações de trabalho nas áreas de fruticultura irrigada no estado do rio Grande do Norte. 2013. (Encontro).
    49. Colação de grau dos cursos de graduação em Geologia (bacharelado) e Geografia (bacharelado e licenciatura).Professor homenageado - Curso de Geografia. 2012. (Outra).
    50. I Seminário e II Enconto PIBID/Unicamp.Iniciação à Docência em Geografia: O PIBID abrindo novos caminhos para o Processo de Formação dos Professores. 2012. (Seminário).
    51. I Seminário e II Encontro PIBID/Unicamp.Experiências do PIBID na UNICAMP. 2012. (Seminário).
    52. VIII Semana de Geografia da Unicamp.O imperialismo brasileiro na América Latina. 2012. (Encontro).
    53. 7a. Semana de Geografia da Unicamp.Urbanização, Planejamento Urbano e as Metrópoles Brasileiras. 2011. (Encontro).
    54. IX ENANPEGE: Encontro Nacional da Associação de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia.A EXPANSÃO DA PRODUÇÃO DE SOJA NA FRONTEIRA AGRÍCOLA DOS CERRADOS BRASILEIROS: HEGEMONIA DAS GRANDES EMPRESAS E PROCESSO DE EXCLUSÃO. 2011. (Encontro).
    55. Universidade Portas Abertas - UPA.A geografia e a profissão do geógrafo no Brasil. 2011. (Outra).
    56. 40a. Semana de Estudos Geográficos (SEG) - Políticas Territoriais Brasileiras: Planejamento e Contribuições da Geografia.Modernização Agrícola e Novos Usos do Território. 2010. (Encontro).
    57. 6a. Semana de Geografia da Unicamp.Planejamento Urbano e Ensino de Geografia: Experiências, Propostas e Possibilidades. 2010. (Encontro).
    58. Curso de Geografia do Instituto Santanense de Ensino Superior.A Experiência do Plano Diretor Participativo de Carapicuiba. 2010. (Outra).
    59. Grupo de Pesquisa: La Promoción Estatal de la Nueva Ruralidad: Agentes, Escalas y Problemas en Áreas Tamberas Pampenas.La Producción de Soja Y Algodón en la Frontera Agrícola en el Bioma de Cerrado en la Región Centro Norte del Brasil. 2010. (Outra).
    60. I Fórum Regional dos Programas de Pós-graduação em Geografia da Região Sudeste. 2010. (Outra).
    61. Seminário de Interlocução de Grupos de pesquisa da USP, UNIFESP e UNICAMP.A expansão da urbanização na fronteira agrícola na região centro-norte do Brasil. 2010. (Seminário).
    62. Ciclo de Palestra no Curso de Graduação em Geografia da Universidade de Campinas (Unicamp).Experiências com planejamento urbano. 2009. (Outra).
    63. Encontro de Geografia da Universidade Cruzeiro do Sul.A modernização agrícola dos cerrados nordestinos e suas novas dinâmicas socio-espaciais. 2008. (Encontro).
    64. Homenagem ao Dia do Geógrafo na Universidade Guarulhos.O papel do geógrafo na sociedade. 2008. (Seminário).
    65. Semana de Recepção de Calouros do Curso de Geografia da Universidade Cruzeiro do Sul.Estrutura e atuação da Associação dos Geógrafos do Brasil (AGB). 2008. (Encontro).
    66. Semana de Recepção de Calouros do Curso de Geografia da Universidade Cruzeiro do Sul.A importância da Geografia para a compreensão do mundo. 2008. (Outra).
    67. VI Semana de Geografia da Universidade Guarulhos.O papel da AGB e o encontro dos geógrafos. 2008. (Encontro).
    68. XV Encontro Nacional de Geógrafos "O espaço não pára. Por uma AGB em movimento".?As novas dinâmicas urbanas produzidas pelo agronegócio nos cerrados piauienses?. 2008. (Encontro).
    69. VII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Geografia (ANPEGE).Modernização Agropecuária e Transformação Espaciais nos Cerrados Nordestinos. 2007. (Encontro).
    70. III Semana de Geografia da Universidade Guarulhos.Migração sulista para o Nordeste brasileiro. 2005. (Seminário).
    71. III Simpósio Nacional de Geografia Agrária / II Simpósio Internacional de Geografia Agrária / Jornada Ariovaldo Umbelino de Oliveira.?Barreiras (BA), Balsas (MA), Uruçui (PI): três cidades para o agronegócio?. 2005. (Seminário).
    72. Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Migratórios "Cruzando Fronteitas". 2005. (Seminário).
    73. X Encontro de Geógrafos da América Latina "Por uma geografia latino-americana: do labirinto da solidão ao espaço da solidariedade".A Expansão da Soja e o Processo de Urbanização nos Cerrados Piauienses. 2005. (Encontro).
    74. Ciclo de Palestras do Curso de Geografia da Univeridade Guarulhos.Novos mapas sociais, econômicos e geopolíticos. 2004. (Seminário).
    75. Ciclo de Palestras do Curso de Geografia do Instituto de Geociências da Universidade de Campinas.Urbanização e expansão da fronteira agrícola brasileira. 2004. (Oficina).
    76. II Encontro Regional dos Povos do Cerrado. 2004. (Encontro).
    77. VI Congresso Brasileiro de Geógrafos ?Setenta anos da AGB: as transformações do espaço e a Geografia no século XXI?. A Mobilidade do Trabalho e a Reprodução do Capital nos Cerrados Paiuienses. 2004. (Congresso).
    78. XVII Encontro Nacional de Geografia Agrária ?Tradição X Tecnologia: as novas territorialidades do espaço agrário brasileiro?. 2004. (Encontro).
    79. II Simpósio Internacional de Geografia Agrária e I Simpósio Nacional de Geografia Agrária "O campo no século XXI". 2003. (Simpósio).
    80. III Jornada sobre o Trabalho ?A sociedade do capital na viragem do século XXI e a Geografia do Mundo do Trabalho?. 2002. (Outra).
    81. I Seminário do Núcleo Interdiciplinar de Estudos MIgratórios do Rio de Janeiro. 2002. (Seminário).
    82. Seminário ?Técnicas de Pesquisas Qualitativas em Geografia? [Ministrado pela professora Doutora Aurora Garcia Balesteros]. 2002. (Seminário).
    83. 4ª Semana de História/Geografia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São Bernardo do Campo.A expansão da soja e a formação do território sul-piauiense. 2001. (Encontro).
    84. Território Aberto: ciência e cultura "Filosofia e conhecimento hoje: uma outra visão do território brasileiro".Sistema técnicos agrícolas e industriais e o espaço geográfico. 2001. (Oficina).
    85. XV Encontro Nacional de Geografia Agrária ?Espaço agrário brasileiro: velhas formas, novas funções, novas formas, velhas funções?. 2000. (Encontro).
    86. 1º Simpósio de Geografia Agrária. 1998. (Simpósio).
    87. 6º Encontro de Geógrafos da América Latina ?Territorios e redefinición. Lugar y mundo en América Latina?.Do Rural ao Urbano: Os Piauienses na Metrópole Paulista. 1997. (Encontro).
    88. 10º Encontro Nacional de Geógrafos ?Espacialidades e territorialidades: limites da simulação?.A (Re) Produção do Espaço Agrário de Rondonópolis/MT. 1996. (Encontro).
    89. 2ª Jornada Nacional de Iniciação Científica / 47ª Reunião Anual da SBPC.Do Rural ao Urbano: Os Migrantes Piauienses na Metrópole Paulista. 1995. (Outra).
    90. III Simpósio de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo.Do Rural ao Urbano: Espaço e Tempo no Estudo das Migrações Populacionais. 1995. (Simpósio).
    91. II Seminário de Iniciação à Pesquisa em Geografia. 1995. (Seminário).
    92. Encontro de Professores de Geografia do Estado de São Paulo - 1º, 2º e 3º Graus. 1990. (Encontro).
    93. VI Encontro Nacional dos Estudantes de Geografia ?Geografia e a luta de classes na Amazônia?. 1990. (Encontro).

Organização de eventos

  • Total de organização de eventos (16)
    1. ALVES, Vicente E. L.. 16ª Edição da UPA, Unicamp de Portas Abertas - UPA 2021. 2021. (Outro).. . 0.
    2. ALVES, Vicente E. L.. Terras Indígenas e Interesses Nacionais. 2019. (Congresso).. . 0.
    3. ALVES, Vicente E. L.. I Exposição Tekoá Moroti: Território Guaruani. 2019. (Exposição).. . 0.
    4. ALVES, Vicente E. L.. A Cosntrução do Brasil: Geografia, Ação Política e Democracia. 2016. (Congresso).. . 0.
    5. ALVES, Vicente E. L.. Encontro Nacional de Geografia Agrária: "Ajuste espacial X soberanias: a multiplicação das lutas e estratégias de reprodução no campo". 2016. (Congresso).. . 0.
    6. ALVES, Vicente E. L.. A AGB e a Geografia brasileira no contexto das lutas sociais frente aos projetos hegemônicos. 2014. (Congresso).. . 0.
    7. ALVES, Vicente E. L.. X ENANPEGE (Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia): Geografias, Políticas Públicas e Dinâmicas Territoriais. 2013. (Congresso).. . 0.
    8. ALVES, Vicente E. L.; PRADO, G. V. T. ; AYOUB, Eliana. I Semninário e II Encontro PIBID/UNICAMP. 2012. Congresso
    9. ALVES, Vicente E. L.. Universidade Portas Abertas - Unicamp. 2012. (Outro).. . 0.
    10. ALVES, Vicente E. L.. Membro do Comitê Científico do I Seminário e II Encontro PIBID/UNICAMP. 2012. (Congresso).. . 0.
    11. ALVES, Vicente E. L.. Membro do Comitê Científico do IV Seminário de Pesquisa em Geografia - Geografia Humana. 2011. (Outro).. . 0.
    12. ALVES, Vicente E. L.. Coordenador de Equipe do Projeto Rondon - Operação Oiapoque - Amapá. 2011. (Outro).. . 0.
    13. ALVES, Vicente E. L.. Membro do Comitê Municipal de Geografia e Estatística - CMGE de Carapicuíba. 2010. (Outro).. . 0.
    14. ALVES, Vicente E. L.. XV Encontro Nacional de Geógrafos: O espaço não pára. Por uma AGB em movimento. 2008. (Congresso).. . 0.
    15. ALVES, Vicente E. L.. Membro da Comissão Científica do 1° Simpósio de Arquitetura e Urbanismo, Geografia e História ?Cidades do alto-Tietê: tempos e espaços?. 2007. (Congresso).. . 0.
    16. ALVES, Vicente E. L.. 1º Simpósio de Geografia Agrária. 1998. (Congresso).. . 0.

Lista de colaborações

  • Colaborações endôgenas (0)



    Data de processamento: 01/08/2022 08:15:28